EVANGELHO QUE TRANSFORMA

“Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver
que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus.” Gálatas 2:20.

A naturalidade com que o Evangelho de Jesus age em nós é impressionante. O Evangelho de Jesus muda o nosso jeito de ver a vida. Se antes no centro da vida estava o nosso “eu”, agora ele deixa de reinar e dá espaço para o Senhor. Antes de Cristo, Paulo tinha como meta o que achava ser o certo. As suas intenções eram as melhores. Contudo, ao encontrar o Mestre, ele passa a ter como alvo o que Jesus disse.

Esta mudança se refletiu na forma como ele via a morte. 
A idéia de eternidade estava tão impregnada em Paulo que ele já não via a morte como antes. Ele chegou a afirmar: “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Fl 1:21). Está claro que o apóstolo não aspirava a morte, não a via como fuga... Mas não a temia. Sabe o homem de Deus que, ao fechar os seus olhos aqui na Terra, eles serão abertos nos Céus, na presença do Deus Altíssimo para sempre. O eterno Deus permitiu que Paulo desenvolvesse uma percepção sobre a eternidade, que o ajudou a viver plenamente, mesmo em face dos mais terríveis sofrimentos.

Ore
Senhor, agradeço-Te pela ação do Teu Evangelho, pois embora seja suave e leve, ao mesmo tempo, provoca um terremoto com mudanças em todas as áreas de minha vida. Por Jesus eu oro, amém. 


Adaptado de Cada Dia.

Comentários