EVANGELHO QUE TRANSFORMA

“Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver
que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus.” Gálatas 2:20.

A naturalidade com que o Evangelho de Jesus age em nós é impressionante. O Evangelho de Jesus muda o nosso jeito de ver a vida. Se antes no centro da vida estava o nosso “eu”, agora ele deixa de reinar e dá espaço para o Senhor. Antes de Cristo, Paulo tinha como meta o que achava ser o certo. As suas intenções eram as melhores. Contudo, ao encontrar o Mestre, ele passa a ter como alvo o que Jesus disse.

Esta mudança se refletiu na forma como ele via a morte. 
A idéia de eternidade estava tão impregnada em Paulo que ele já não via a morte como antes. Ele chegou a afirmar: “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Fl 1:21). Está claro que o apóstolo não aspirava a morte, não a via como fuga... Mas não a temia. Sabe o homem de Deus que, ao fechar os seus olhos aqui na Terra, eles serão abertos nos Céus, na presença do Deus Altíssimo para sempre. O eterno Deus permitiu que Paulo desenvolvesse uma percepção sobre a eternidade, que o ajudou a viver plenamente, mesmo em face dos mais terríveis sofrimentos.

Ore
Senhor, agradeço-Te pela ação do Teu Evangelho, pois embora seja suave e leve, ao mesmo tempo, provoca um terremoto com mudanças em todas as áreas de minha vida. Por Jesus eu oro, amém. 


Adaptado de Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL