A GALINHA E OS PINTINHOS

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
3ª IPB de Barretos / SP
Pastoral 13.02.11

“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis Eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, e vós não o quisestes!” Mateus 23:37.

O presente texto é um lamento que Jesus proferiu sobre Jerusalém, provavelmente em seu último sermão, antes de ser traído. Acima de tudo é um lamento de Deus sobre Seu povo que com tanta freqüência, através dos séculos, rejeitou e até matou os profetas que lhes pregavam a Palavra de Deus (vs.35).

Jesus com freqüência usou metáforas (figuras de linguagem). Aqui Ele usou uma figura tão conhecida de todos nós: a galinha e os pintinhos. O sentido é que muitos dos filhos de Deus rejeitavam o cuidado, a proteção e o AMOR de Deus. A prova maior é que eles rejeitaram o próprio Senhor Jesus, o Messias encarnado. A manifestação dessa rejeição obstinada é a desobediência e a rebeldia (Jo 1:11).

A rejeição é uma das coisas mais doídas da vida. Quem é rejeitado sofre por esperar atitudes e posicionamentos de alguém que ama. O carinho e o amor quando não retribuídos geram grande sofrimento naqueles que amam. Assim imaginamos quanto sofreu nosso amado Mestre ao proferir essas palavras.
 

Outro fator a se destacar é que Jesus mais uma vez enfatiza a responsabilidade humana, sem negar a soberania de Deus. Precisamos ter equilíbrio doutrinário, para não cometermos o erro de lançar sobre Deus a culpa de nossos atos.

Infelizmente, em nossos dias são muitos dentre o “povo de Deus”, que continuam a rejeitar o Seu amor e cuidado, através da rebelião, do pecado, da frieza espiritual e indiferença quanto à Sua soberana vontade, revelada na Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus. Indiferença e desprezo também quanto à Igreja, que é o Corpo de Cristo, e aos Sacramentos estabelecidos por Ele mesmo.

Deus não mudou e não mudará jamais, o Seu amor continua sendo-nos oferecido graciosamente. Ele continua querendo acolher, proteger, sarar, ajudar e fortalecer seu povo.

Que você possa ouvir a voz do Mestre bendito, e entregar-se a Ele, recebendo assim o Seu perdão, cuidado e amor. Não despreze aquEle que verteu Seu Sangue precioso somente para te salvar. Confesse a Ele os seus pecados, e receba-O em seu coração e em sua casa. Ele cuida e cuidará de Ti.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL