O CONHECIMENTO DE DEUS

“Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento
 anuncia as obras das Suas mãos.” Salmos 19:1.

O consenso da opinião da igreja primitiva, durante a Idade Média, e no tempo da Reforma, foi que Deus, em Seu Ser mais recôndito, é incompreensível. Os estudiosos perguntavam: o que é Deus? Qual a natureza da sua constituição interna? O que é que faz que Ele seja o que É? Para responder a essas perguntas teríamos de ser capazes de compreender Deus e oferecer uma explicação do Seu Ser Divino, e isto é impossível. O finito não pode compreender o infinito. A pergunta de Zofar, amigo de Jó, colabora nesta questão: 


“Porventura desvendarás os arcanos de Deus ou penetrarás até à perfeição do Todo poderoso? Jó 11:7.

O homem só pode conhecer a Deus na medida em que Ele Se faz conhecido. Deus transmite conhecimento ao ser humano, e só pode tornar-Se objeto de estudo do homem pela revelação. Sem a revelação o homem jamais teria condições de conhecer a Deus, mesmo assim é o Senhor quem descerra os olhos da fé.  A revelação é um ato de auto-comunicação, da parte do Deus vivente.

Ore
Soberano Deus, apesar de Tua grandeza, podemos conhecê-Lo mais de perto e amá-Lo em Cristo. O Senhor Se acomoda ao pequeno espaço do meu coração. Obrigado Senhor. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários