A VERDADE DEVE SER VIVENCIADA

“Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra e não somente 
ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” Tiago 1:22.

Receio que religiosos entendam bem os conceitos cristãos, mas não os pratiquem. Esta percepção parece deixar apreensivo o coração de Tiago, ao escrever que ouvir passivamente pode resultar num temporário período de alegria e aparente paz, contudo não gerará o efeito espiritual que se espera. Um ouvinte poderá saber muito a respeito do que ouviu, entretanto ao não vivenciar perderá a essência do conhecimento.

Os ensinos das Sagradas Escrituras são para conhecimento e vivência. Conhecer e viver devem ser aliados neste processo. Não há como dissociar fé e obras. Os dois andam juntos e se completam. Se faltar o conhecimento e a vivência, o cristianismo ensinado por Jesus não será entendido e nem cumprirá o seu propósito. 


Por isso Cristo diz: “Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda, esse é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado por Meu Pai, e Eu também o amarei e Me manifestarei a ele” (João 14:21). Saber e viver sem hipocrisia é o caminho do amor.

Ore
Deus de infinita misericórdia, desejo ter uma mente cheia do brilho de Tua refulgente luz, que emana de Tua Palavra, mas
 também um coração coberto pelo Teu amor. Em Cristo, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL